Alfa Romeo Giulia e Stelvio "ESTREMA": Para os puristas da condução

·         A Alfa Romeo apresenta os Giulia e Stelvio "ESTREMA", a primeira série especial global que personifica as melhores prestações em termos de refinamento técnico e de dinâmica de condução.

·         Concebidos para uma condução desportiva, os seus acabamentos colocam-nos no topo das suas respetivas gamas. A alma do Quadrifoglio renasce num veículo para o quotidiano.

·         A nova série especial global foi concebida para clientes que procuram soluções técnicas excecionais, criando uma verdadeira simbiose com o veículo.

·         A suspensão ativa e o diferencial de deslizamento limitado são propostos de série e a utilização intensiva de carbono proporciona mais leveza e uma atitude desportiva.

·         Apresentado em Hinwil, na sede do Alfa Romeo F1 Team ORLEN, esta nova série representa a continuação de uma intensa colaboração com o seu parceiro, a fim de retirar o máximo partido dos conhecimentos adquiridos na Fórmula 1, bem como para desenvolver novos trunfos estratégicos.

·         Os novos Giulia e Stelvio "ESTREMA" serão comercializados a partir do próximo dia 9 de abril em Portugal.

A Alfa Romeo apresentou a série especial "ESTREMA" dos modelos Giulia e Stelvio em Hinwil, na sede da equipa de F1 da Alfa Romeo. A primeira série especial global "ESTREMA" dispõe de conteúdos e acabamentos que a colocam no topo da sua gama, uma vez que personifica as melhores prestações em termos de soluções técnicas e dinâmicas, estilo e desportividade. Longe dos holofotes, a Alfa Romeo e a Sauber prosseguem com uma sinergia contínua que se baseia no intercâmbio dos seus respetivos conhecimentos numa procura contínua de eficiência e tecnologia de ponta sustentável: o território-chave para a nova era da marca.

 

Alfa Romeo Giulia e Stelvio "ESTREMA": As capacidades técnicas e a desportividade típicas da Alfa Romeo

Mais um passo no ADN desportivo da marca, os Giulia e Stelvio MY22 "ESTREMA" estão a fazer a sua estreia. Primeira série especial a ser vendida a nível global, levando o desempenho Alfa Romeo a todo o planeta, o conceito "ESTREMA" traduz a combinação perfeita de requinte técnico e prazer de condução.

A nova estratégia de gama Alfa Romeo é agora dedicada à simplicidade: dois acabamentos - Super e Ti - cada um com uma caracterização bem definida para satisfazer as necessidades dos clientes mais exigentes, e dois packs - Sprint e Veloce - destinados a enfatizar a desportividade da marca. Os modelos "ESTREMA" estão posicionados no topo das respetivas gamas, fazendo a ligação à versão desportiva Quadrifoglio.

O projeto é dirigido aos clientes - frequentemente referidos como "puristas da condução" - que estão sempre à procura das emoções, ligadas ao facto de estarem em sintonia com o veículo. Um cliente conhecedor, menos dedicado à musculatura da estética, mas atento às soluções técnicas capazes de proporcionar um comportamento e uma dinâmica de condução excecionais. As novas suspensões ativas são propostas de série: graças à capacidade de adaptação às condições e ao estilo de condução, contribuem para um conforto em viagem extraordinário, sem com isso penalizar o desempenho desportivo e o prazer de condução. O sistema de controlo "Alfa Active Suspension" gere a suspensão e os seus amortecedores em constante interação com o CDC (Chassis Domain Control) e com o sistema DNA, calibrando a sua intervenção de acordo com o modo de condução selecionado.

Na série "ESTREMA", o diferencial autoblocante mecânico é sempre proposto de série. Garante estabilidade e um elevado controlo em todas as condições de aderência, distribuindo o binário e a tração mesmo à saída das curvas, a alta velocidade e sob aceleração.

Do ponto de vista exterior ou mesmo quando instalados no habitáculo, os modelos destacam-se pelo seu aspeto envolvente e desportivo devido ao uso frequente de carbono. No exterior, distingue-se pelo seu acabamento em fibra de carbono na cobertura dos espelhos retrovisores e no "scudetto". Tons escuros são utilizados para o emblema específico "ESTREMA" no para-choques, jantes de liga leve - de 19" no Giulia e de 21" no Stelvio - e nas pinças de travão. O mesmo aspeto desportivo pode ser encontrado no interior onde se encontra um revestimento de fibra de carbono e bancos em Alcantara® - um material único que leva em consideração tanto a estética como a funcionalidade. A costura vermelha no painel de instrumentos, bancos, volante e manípulo da caixa de velocidades realça ainda mais a exclusividade do modelo e o seu aspeto desportivo.

Os Giulia e Stelvio "ESTREMA" estão equipados com o motor 2.0 Turbo, a gasolina, com 280 cavalos, ou com o motor 2.2 Turbo Diesel de 210 cavalos, ambos acoplados à transmissão automática de 8 velocidades e associados ao sistema de tração integral Q4. A complementar esta configuração, está disponível um sistema áudio com 14 altifalantes da Harman Kardon.

 

A Alfa Romeo e a Formula 1 Sauber: Sinergia estratégica para o futuro da marca

A renovação da parceria entre a Alfa Romeo e a Sauber Motorsport em julho de 2021 demonstrou a vontade de ambas as partes de continuar a trabalhar e a evoluir em conjunto. Esta sinergia estratégica visa criar um futuro emocionante para a equipa e para a marca através de um plano preciso a longo prazo. Afinal, a F1 é o laboratório de experimentação por excelência: pioneira na sua estratégia híbrida, na vanguarda da gestão de macrodados e da inteligência artificial, e no desenvolvimento de software de última geração, todas elas áreas-chave para uma marca como a Alfa Romeo que faz da excelência tecnológica uma prioridade.  A sede da equipa de F1 da Alfa Romeo é um berço de novas tecnologias e os novos Giulia e Stelvio "ESTREMA" não podiam deixar de ser apresentados neste local, onde os valores de refinamento técnico de ambas as marcas e a procura da simbiose entre pessoas e veículos se combinam para atingir um objetivo comum: o máximo desempenho.

Na sede em Hinwil, o presente - audaciosamente manifestado pela atitude da série especial "ESTREMA" - concretiza uma visão de futuro, a fim de dar vida a bens estratégicos e a um intercâmbio contínuo de conhecimentos técnicos.

 

Portela, 28 de março de 2022