A Alfa Romeo e a Sauber vão continuar juntas, agora sob o nome de “Alfa Romeo Racing”, na luta pela conquista de resultados ambiciosos

Na época de 2019, o Campeonato Mundial de Fórmula 1 vai poder assistir ao regresso aos circuitos internacionais de duas marcas históricas no mundo da competição desportiva - a Alfa Romeo e a Sauber - com os pilotos Kimi Räikkönen, campeão do mundo em 2007, e o jovem italiano Antonio Giovinazzi ao volante das viaturas da "Alfa Romeo Racing", nome que substitui a designação do ano passado, "Alfa Romeo Sauber F1 Team".

 

Apenas um ano depois da sua fundação, em 24 de junho de 1910, a Alfa Romeo fez a estreia oficial no mundo da competição vencendo a Primeira Prova de Regularidade em Modena. Desde então, a sua fama desportiva enriqueceu-se com vitórias e lugares no pódio em diversos campeonatos internacionais, incluindo a Fórmula 1. Em 2019, as viaturas da "Alfa Romeo Racing" vão competir sob o emblema do "Quadrifoglio", símbolo que, desde 1923, identifica os Alfa Romeo de melhores performances.

 

A sinergia entre a Alfa Romeo e a Sauber iniciou-se em 2018, com a Alfa Romeo na qualidade de Principal Patrocinadora, tendo o Team feito, ao longo do ano, contínuos progressos que lhe permitiram terminar o campeonato em oitavo lugar. A duração da colaboração foi entretanto alargada, mantendo-se inalteradas e independentes a propriedade e a gestão da Sauber. Como "Alfa Romeo Racing", as duas empresas partilham o mesmo objetivo: alcançar resultados ambiciosos com a conquista do topo das provas desportivas.